O que são lucros

Os lucros (ou ganhos) se referem geralmente ao lucro líquido pós-impostos de uma empresa. Os lucros são o principal determinante do preço das ações, pois eles e as circunstâncias que se relacionam com eles podem indicar se uma empresa será rentável e bem-sucedida no longo prazo. Os lucros são, talvez, o número mais estudado das declarações financeiras de uma empresa pois mostram a sua rentabilidade em comparação com as estimativas dos analistas e as orientações da empresa.

Os lucros são a quantidade de ganhos que uma empresa produz durante um período específico, geralmente definido como um trimestre (três meses) ou um ano. Todos os trimestres, os analistas esperam a divulgação dos lucros das empresas que seguem. Eles são acompanhados de perto pois representam diretamente o desempenho da empresa.

Uma empresa que supera estimativas está superando as suas pares. Assim, o CEO será elogiado e o conselho de administração recebe uma palmadinha nas costas. Uma empresa que fique aquém do esperado tem um baixo desempenho frente às suas pares. O CEO será culpado – podendo ser substituído.

Métricas e usos dos lucros

Existem diversas métricas e “usos” dos lucros. Alguns analistas gostam de calcular os lucros antes dos impostos. Esse valor é referido como receita antes dos impostos, ganhos/lucros antes dos impostos ou EBT. Outros analistas gostam de considerar os lucros antes dos juros e impostos. Esse valor é referido como ganhos/lucros antes de juros e impostos ou EBIT. Ainda: outros analistas, principalmente em indústrias com um elevado nível de ativos fixos, preferem observar os lucros antes dos juros, impostos, depreciação e amortização, o que também é conhecido como EBITDA. As três métricas fornecem diversos graus de rentabilidade.

Lucro por ação

O lucro por ação é uma relação geralmente citada para mostrar a rentabilidade de uma empresa tendo por base as suas ações. É também usualmente usada em medidas de valorização relativa como o rácio preço/lucro.

O rácio preço/lucro calcula o preço dividido pelos lucros por ação – e é principalmente usado para encontrar valores relativos para os lucros das empresas da mesma indústria. Uma empresa com um elevado preço em comparação aos lucros realizados é considerada sobrevalorizada. Da mesma forma, uma empresa com um baixo preço em comparação aos lucros alcançados se encontra subvalorizada.

Manipulação de lucros

Embora os lucros possam parecer o santo graal das métricas de desempenho, podem ser manipulados. Algumas empresas manipulam intencionalmente os seus lucros – para cima. Estas empresas têm, geralmente, lucros de baixa ou fraca qualidade. Os lucros por ação também podem ser manipulados para cima, mesmo quando os lucros se encontram baixos, com a recompra de ações. As empresas fazem isso ao recomprar ações com lucros retidos ou dívida.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente