Diversas pessoas usam as palavras “negociar” e “investir” da mesma forma quando, na realidade, são duas atividades diferentes. Apesar de os traders e investidores participarem do mesmo mercado, desempenham duas tarefas diferentes usando diferentes estratégias. Contudo, são ambos necessários para o mercado funcionar sem problemas.

Traders de ações: indivíduos (ou entidades) envolvidos na negociação de títulos ou na transferência de ativos financeiros em qualquer mercado financeiro, tanto para si mesmos como em nome de outra pessoa. Trabalham na qualidade de agentes, hedgers, arbitrageurs, especuladores ou investidores.

Investidores de ações: indivíduos ou entidades que usam o seu próprio dinheiro para comprar títulos – que podem oferecer potenciais retornos sob a forma de juros, rendimentos ou apreciação de valor (ganhos de capital).

Existe uma grande diversidade de características que definem em mais detalhe os investidores e os traders.

Investidores

Os investidores focados em ações são os participantes de mercado que o público em geral mais associa ao mercado de ações. Baseiam-se primeiramente em análise fundamental para as suas decisões de investimento e reconhecem as ações como parte (propriedade) da respetiva empresa. Muitos investidores acreditam na estratégia buy and hold que, como o nome sugere, implica que os investidores comprem ações de uma empresa e as mantenham por um longo período, geralmente medido em anos.

Estes investidores, que compram ações de empresas para um período longo com a crença de que a empresa tem fortes probabilidades de crescimento futuro, se preocupam geralmente com dois aspectos:

  • Valor: os investidores devem considerar se as ações de uma empresa representam um bom valor. Por exemplo, se duas empresas semelhantes estiverem negociando a múltiplos de ganhos diferentes, aquela com os múltiplos mais baixos poderá representar melhor valor pois sugere que o investidor irá precisar pagar menos dos ganhos quando investir na empresa A, em relação ao que será necessário para ganhar exposição a ganhos na empresa B.
  • Sucesso: os investidores devem medir o sucesso futuro de uma empresa olhando para a sua força financeira e avaliando o seu fluxo de caixa futuro.

Ambos os fatores podem ser determinados pela análise das declarações financeiras da empresa juntamente com a análise de tendências da indústria. A um nível básico, os investidores podem medir o valor atual de uma empresa em relação às suas possibilidades de crescimento futuro ao olhar para métricas como o rácio PEG – ou seja, o preço/lucro (valor) em relação ao crescimento (sucesso).

Traders

Os traders de ações são participantes do mercado, tanto a título individual ou através de uma empresa, que compram ações de uma empresa com foco no mercado em si em vez de nos fundamentos da empresa. Um trader de ações normalmente procura lucrar com a volatilidade de preços no curto prazo, com negociações durando algures entre alguns segundos e algumas semanas. O trader de ações é geralmente um profissional. Os indivíduos podem se considerar traders/investidores a full-time ou a part-time enquanto mantêm outras profissões.

Os mercados envolvidos na negociação de commodities são benéficos para a estratégia de um trader de ações. Afinal de contas, muito poucas pessoas compram trigo pela sua qualidade fundamental – fazem isso para tirar vantagem de pequenos movimentos de preço que ocorrem como resultado da oferta e da procura. Os traders de ações se preocupam geralmente com:

  • Padrões de preço: os traders de ações irão olhar para o histórico de preço para tentar prever movimentos de preço no futuro. Essa iniciativa é conhecida como análise técnica.
  • Oferta e procura: os traders monitorizam as suas negociações intra-day para perceber para onde – e por que razão – o dinheiro se move.
  • Emoção de mercado: os traders jogam com os medos dos investidores através de diversas técnicas: apostando, por exemplo, contra a multidão depois de ocorrer um grande movimento.
  • Apoio a traders: os market makers (criadores de mercado, um dos maiores tipos de traders) são na verdade contratados para fornecer liquidez através de negociação rápida.

Em última análise, são os traders que fornecem liquidez aos investidores e que sempre ficam com a outra extremidade das suas negociações. Seja através da criação de mercado ou de outras técnicas, os traders são uma parte necessária do mercado.

Claramente, tanto os traders como os investidores são necessários para que um mercado funcione corretamente. Sem traders, os investidores teriam de procurar liquidez para comprar e vender ações. Sem os investidores, os traders não teriam base a partir da qual comprar e vender. Combinados, os dois grupos formam os mercados financeiros assim como os conhecemos hoje.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente