Uma ordem de negociação instrui o corretor a entrar ou a sair de uma posição. No início, abrir uma posição poderá parecer muito simples: clicar no botão “comprar” quando estiverem reunidas as condições de entrada e clicar no botão “vender” quando for hora de sair. Embora seja possível negociar desta forma simplificada, não é muito eficiente, pois requer monitorização constante e expõe os traders a riscos financeiros desnecessários.

Os traders que usam apenas os botões comprar e vender poderão experienciar perdas por slippage e por negociarem sem uma ordem stop-loss (limitação de perdas). Slippage se refere à diferença entre o preço que o trader esperava e o preço em que a negociação é realmente concretizada. Em mercados em rápida evolução, essa diferença pode ser substancial e a diferença entre ganhar ou perder em uma negociação. Certos tipos de ordens permitem aos traders especificar preços exatos para as negociações, minimizando assim os riscos.

As ordens stop-loss (limitação de perdas), por outro lado, limitam as perdas de uma negociação ao criarem uma “linha na areia” a partir da qual os traders não arriscam mais. Essas ordens fecham automaticamente as negociações que estão perdendo – a partir de níveis de preço pré-determinados. Pode-se colocar uma ordem stop-loss assim que se entra em uma negociação – o que pode ser especialmente importante para traders ativos em um mercado em rápido movimento onde uma stop-loss pode ser alcançada em segundos.

As plataformas de negociação modernas permitem que os traders usem um conjunto de tipos de ordens para adicionar precisão e proteção às suas metodologias de negociação. Saber quando negociar é apenas parte da negociação: os traders bem-sucedidos também devem saber como negociar e qual o tipo de ordem apropriado para uma dada situação. Este guia introdutório irá explicar os vários tipos de ordens – do básico ao avançado – e fornecer exemplos de como cada uma é usada pelos traders hoje em dia.

Posições longas e curtas

Um conceito básico que deve ser compreendido antes de se aprender mais sobre tipos de ordens específicas é a direção em que uma negociação pode ser estabelecida. Pode-se entrar em uma negociação em duas direções diferentes, consoante a antecipação de um mercado ascendente ou descendente. As negociações longas (posição longa) são o método clássico de compra com a intenção de lucrar com um mercado em ascensão. As negociações longas podem ser conduzidas através de corretoras e não exigem necessariamente que o trader tenha uma conta margem (assumindo que a conta tem fundos para cobrir a transação). As perdas de uma negociação longa são consideradas limitadas (embora possam ser extensas). Isto porque se se entrar em uma negociação longa, em qualquer nível, o preço só pode ir tão baixo como 0 dólares se a negociação se mover na direção contrária à esperada.

Entra-se em uma negociação curta (posição curta), por outro lado, com a intenção de lucrar com um mercado em queda. Isto é alcançado ao solicitar um empréstimo de ações, contratos de futuros ou outro instrumento. Assim que o preço alcançar o nível-alvo, os traders recompram as ações (ou contratos), ou compram para cobrir, e substituem o que foi originalmente emprestado pelo corretor. Se o preço cair, a negociação pode gerar lucro (consoante outros fatores como slippage e comissões); se o preço subir, a negociação será uma perda. A posição curta exige uma conta margem com uma corretora, na medida em que o trader precisa contrair um empréstimo de ações/contratos junto do corretor para completar a transação. Nem todos os instrumentos de negociação podem ser vendidos a descoberto e nem todos os corretores oferecem os mesmos instrumentos para venda a descoberto.

  • Negociação longa (ou posição longa) = lucro a partir de um mercado em ascensão
  • Negociação curta (ou posição curta) = lucro a partir de um mercado em queda

A posição curta é uma parte importante da negociação ativa pois permite que os traders tirem vantagem dos mercados em ascensão e em queda. Ao contrário das negociações longas, onde as perdas são limitadas, as negociações curtas podem gerar perdas ilimitadas. Isto porque uma negociação curta perde valor quando o mercado sobe – e uma vez que o preço pode continuar teoricamente subindo indefinidamente, as perdas podem ser ilimitadas e catastróficas. Negociar com uma stop-loss permite que os traders lidem com este risco.

Ordem de mercado

Nota: use uma ordem de mercado para garantir o cumprimento da negociação que pretende. Usar uma ordem de mercado é a forma mais rápida e fiável para entrar em uma negociação. As ordens de mercado são apropriadas se cumprir a ordem for mais importante do que obter um determinado preço.

A ordem de mercado é o tipo mais básico de ordem de negociação. Instrui o corretor a comprar (ou vender) ao melhor preço atualmente disponível. As interfaces para colocação de ordens geralmente têm botões “comprar” e “vender” para tornar as ordens rápidas e fáceis. Geralmente, este tipo de ordem é executado imediatamente. A principal vantagem de utilizar uma ordem de mercado é que o trader tem a garantia de que a ordem será cumprida. Se um trader precisar absolutamente entrar ou sair de uma negociação, a ordem de mercado é o tipo de ordem mais fiável. A desvantagem, no entanto, é que as ordens de mercado não garantem o preço e não permitem qualquer precisão na entrada, podendo conduzir a slippage custoso. Usar ordens de mercado apenas em mercados com boa liquidez pode ajudar a limitar as perdas.

Idealmente, uma ordem de mercado para comprar é atendida com o ask price (preço de venda) e uma ordem de mercado para vender com o bid price (preço de compra). É essencial relembrar, no entanto, que o último preço negociado não é automaticamente o preço ao qual a ordem de mercado será executada. Isto é especialmente verdade em mercados com rápido ou escasso movimento.

Um trader pode, por exemplo, colocar a seguinte ordem de mercado para uma posição longa: 1.000 ações da empresa ABC – sendo que o melhor preço de oferta é atualmente 20 dólares por ação. Se outras ordens em espera forem realizadas antes da ordem deste trader, a ordem de mercado poderá ser atendida a um preço mais elevado. É possível, também, que partes da ordem sejam executadas a preços diferentes. Neste exemplo, metade da ordem pode ser executada ao melhor preço de oferta e a outra ao preço mais elevado. Uma ordem de mercado não garante o preço – garante apenas que é atendida.

Ordem com limite de preço

Nota: use uma ordem com limite de preço para garantir um preço. Uma ordem com limite de preço permite a colocação precisa da ordem. A ordem com limite de preço é apropriada se obter um preço específico for mais importante do que atender a ordem.

Uma ordem com limite de preço é uma ordem para comprar (ou vender) a um preço específico ou melhor. Uma ordem de compra com limite de preço só pode ser executada até ao limite de preço especificado ou inferior. Por outro lado, uma ordem de venda com limite de preço só pode ser executada até ao preço limite especificado ou superior. Ao contrário da ordem de mercado, em que o trader pode simplesmente pressionar “comprar” e deixar o mercado “escolher” o preço, o trader deve especificar o preço desejado quando usa uma ordem com limite de preço. Apesar das ordens com limite de preço evitarem slippage negativa, não garantem a satisfação da ordem. Uma ordem com limite de preço só será atendida se o preço alcançar o limite de preço especificado e pode ser perdida uma oportunidade de negociação se o preço se mover para longe do preço limite antes da ordem ser atendida.

Nota: o mercado pode se mover para o preço limite e a ordem não ser atendida se não se verificarem compradores ou vendedores suficientes (consoante a direção da negociação) a esse nível de preço em particular.

As ordens com limite de preço permitem que os traders entrem e saiam de negociações com precisão. No entanto, as posições devem ser colocadas corretamente para garantir que realizam o objetivo de melhorar o preço – ou seja, obter um preço específico, ou um preço ainda melhor, na execução de uma negociação. É importante estar do lado certo do mercado: quando coloca uma ordem de compra com limite de preço, o trader deve especificar um preço ao nível ou abaixo do preço de compra atual. Para uma ordem de venda com limite de preço, o preço especificado deve estar em ou acima do preço de venda atual.

Uma ordem com limite de preço é usada para obter um certo preço ou um preço melhor – e deve ser colocada do lado correto do mercado.

  • Ordem com limite de preço para comprar = em ou abaixo do mercado
  • Ordem com limite de preço para vender = em ou acima do mercado

Ordem de compra ou venda a preço especificado (stop order)

Nota: use uma stop order para desencadear uma ordem de mercado ou ordem com limite de preço assim que um preço específico for alcançado. A stop order é apropriada quando é importante confirmar a direção do mercado antes de entrar em uma negociação.

Uma stop order para comprar ou vender apenas se torna ativa após um nível de preço específico ser alcançado (o nível “stop”). As stop orders funcionam na direção oposta das ordens com limite de preço: uma stop order de compra é colocada acima do mercado e uma stop order de venda abaixo do mercado. Assim que o nível de stop for alcançado, a ordem é automaticamente convertida em uma ordem de mercado ou numa ordem com limite de preço (consoante o tipo de ordem especificado). Neste sentido, uma stop order desencadeia uma ordem de mercado ou uma ordem com limite de preço.

Consequentemente, as stop orders são ainda definidas como ordem stop-market e stop-limit: uma ordem stop-market coloca uma ordem de mercado assim que o nível de stop for alcançado; uma ordem stop-limit coloca uma ordem com limite de preço. As ordens stop-market são talvez as mais comumente usadas uma vez que são alcançadas de forma mais consistente.

Uma vez que uma stop order de compra cria uma ordem para comprar uma ação (ou outro instrumento de negociação) acima do preço atual, alguns traders poderão perguntar porque razão alguém quererá entrar em uma negociação a um preço pior que o atual preço de mercado. É uma boa questão. Uma stop order de compra irá desencadear uma ordem de mercado ou uma ordem com limite de preço apenas se o preço alcançar o nível de stop, permitindo aos traders desafiar o preço a alcançar um dado nível. Se o preço alcançar o nível de stop, pode fornecer confirmação quanto à direção do mercado. Os traders costumam usar níveis-chave (como suporte e resistência) ou níveis Fibonacci quando escolhem níveis stop.

Talvez o uso mais comum de stop order seja para a definição de um limite de risco para a negociação ou para a limitação de perdas. Uma ordem de limitação de perdas (stop-loss) é definida ao nível do preço além do qual o trader não está disposto a arriscar mais dinheiro na negociação. Para posições longas, a limitação de perdas inicial é definida abaixo da entrada na negociação, fornecendo proteção caso o mercado caia. Para as posições curtas, a limitação de perdas é definida acima da entrada na negociação caso o mercado suba.

Outra aplicação para uma stop order é o trailing stop. O trailing stop é uma stop order dinâmica que segue o preço para bloquear os lucros. Uma trailing stop aumenta de forma incremental numa negociação longa, seguindo o preço à medida que sobe mais alto. Em uma negociação curta, uma trailing stop diminui à medida que segue o preço para baixo. Os traders devem definir a magnitude das trailing stops, como porcentagem ou quantia de dinheiro, definindo a distância entre o preço atual e o nível de trailing stop. Quanto mais apertada a trailing stop, mais de perto irá seguir o preço. Por outro lado, uma mais ampla trailing stop irá conceder à negociação mais espaço, se afastando do preço.

Ordens condicionais

Nota: use uma ordem condicional para colocar uma ordem que será desencadeada ou cancelada se determinados critérios especificados forem atingidos. É apropriado colocar uma ordem condicional quando é importante automatizar parte ou todo o processo de colocação de ordem de entrada ou de saída.

As ordens condicionais são ordens de negociação avançadas que são automaticamente submetidas ou canceladas se determinados critérios forem cumpridos. As ordens condicionais devem ser colocadas antes de se entrar na negociação e são consideradas a forma mais básica de negociação automatizada. Duas ordens condicionais comuns: a ordem cancela ordem (order cancels order, OCO) e a ordem envia ordem (order sends order, OSO).

Ordem cancela ordem

Uma ordem-cancela-ordem (OCO) permite que os traders coloquem diversas ordens em simultâneo. Quando uma é alcançada, quaisquer ordens restantes no grupo são automaticamente canceladas. A ordem-cancela-ordem é útil para a entrada e saída de uma negociação. Uma ordem bracket, que coloca stop orders e ordens com limite de preço em simultâneo no mercado é talvez a utilização mais popular de uma OCO. Numa ordem OCO bracket, assim que a stop order ou a ordem com limite de preço for alcançada, a ordem restante é automaticamente cancelada. A stop order serve como ordem stop-loss caso a negociação se mova na direção errada. A ordem com limite de preço serve como objetivo de lucro. Uma ordem OCO única desempenha a função de três ordens diferentes:

  1. Uma stop order (para se proteger contra perdas);
  2. Uma ordem com limite de preço (para fechar a negociação com determinado lucro);
  3. Uma ordem para fechar a ordem remanescente.

É importante lembrar que se um trader definir manualmente objetivos de lucro diferentes e ordens stop-loss (em vez de utilizar uma ordem condicional) a ordem remanescente não é automaticamente cancelada. Neste caso, o trader pode acabar com uma posição não intencional (e talvez até mesmo desconhecida) no mercado. Como exemplo hipotético assuma que um trader coloca uma posição longa na ação XYZ. Depois de entrar na negociação, o trader coloca uma stop order e uma ordem com limite de preço. Neste exemplo hipotético, o objetivo de lucro (ordem com limite de preço) é alcançado e a negociação é fechada com determinado lucro. Contente com a sessão de negociação, o trader segue a sua vida.

Entretanto, a stop order continua no mercado. O preço cai apenas o suficiente para entrar nesta posição curta e depois recua e recupera. Sem que saiba, o trader está agora em uma posição curta a perder, perda que poderá piorar, considerando que está desprotegido no mercado – sem um objetivo de lucro e sem uma stop-loss. Se o trader tivesse usado uma ordem-cancela-ordem, isto não teria acontecido pois a stop order teria sido automaticamente cancelada assim que a ordem com limite de preço fosse alcançada.

Os traders também podem usar uma ordem-cancela-ordem para negociar breakouts e fades. Uma ordem-cancela-ordem breakout, por exemplo, pode ser usada para colocar ordens de entrada em simultâneo acima e abaixo do preço atual. Um trader, por exemplo, poderá querer entrar em uma posição longa se o preço for acima de um nível de resistência em particular ou entrar numa posição curta se o preço violar um nível de suporte. Assim que cada nível for alcançado, a ordem correspondente será realizada e a posição remanescente será automaticamente cancelada: uma ordem é realizada e a outra é cancelada.

Ordem envia ordem

Uma ordem-envia-ordem pode automatizar ainda mais a gestão de negociações ao colocar ordens no mercado assim que uma ordem de entrada for alcançada. Uma ordem-envia-ordem consiste em uma ordem primária que irá colocar uma ou mais ordens secundárias se a ordem primária for alcançada. É usada frequentemente em conjunto com uma ordem-cancela-ordem para agilizar o processo de gestão da negociação. Uma ordem-envia-ordem, por exemplo, pode ser definida para desencadear uma ordem bracket assim que se entrar em uma negociação.

Duração

Os traders também podem especificar por quanto tempo desejam que determinada ordem esteja em vigor. Ou seja, quanto tempo a ordem irá permanecer no mercado até ser cancelada (assumindo que não é realizada). As interfaces de entrada no mercado normalmente fornecem várias opções.

Ordem para o dia

Uma ordem para o dia expira automaticamente no final de uma sessão de negociação regular se não tiver sido executada. Diversas plataformas a usam como duração padrão. Uma duração “Day +” é válida até ao final da sessão de negociação fora de horas.

Good Til Canceled – GTC

Uma ordem GTC está ativa até a negociação ser executada ou o trader cancelar a ordem. Os corretores normalmente cancelam as ordens GTC automaticamente se não forem executadas em 30 a 90 dias.

Good Til Date – GTD

Uma ordem GTD permanece ativa até uma data especificada pelo usuário, a menos que seja executada ou cancelada.

Immediate Or Cancel – IOC

Uma ordem IOC exige que toda ou parte da ordem seja executada imediatamente. De outra forma, a ordem (ou partes não executadas dela) será cancelada.

Fill Or Kill – FOK

Uma ordem FOK deve ser executada imediatamente na sua totalidade ou será cancelada. A execução parcial não é aceite neste tipo de duração de ordem.

All Or None – AON

Da mesma forma que a FOK, uma ordem AON será cancelada se a ordem não puder ser executada na sua totalidade até ao final da sessão de negociação. A execução parcial não é aceite neste tipo de duração de ordem.

At the Opening

Uma ordem at the opening será executada aquando da abertura da sessão de negociação. Se a ordem não puder ser executada na abertura, será cancelada.

At the Close

Uma ordem at the close será executada aquando do encerramento da sessão de negociação, no ou no mais próximo possível do preço de encerramento.

Minute orders

As minute orders expiram após um número específico de minutos ter passado. Os intervalos comuns incluem ordens com duração de um, três ou cinco minutos.

Conclusão

Saber como negociar é tão importante como saber quando negociar. Compreender os diferentes tipos de ordens e como os aplicar pode ajudar os traders a agilizar o processo de colocação de ordens e a evitar slippage custosa e perdas desnecessárias.

Tipos de ordens avançados, como ordens ordem-cancela-ordem e ordem-envia-ordem, funcionam como uma forma de automatização básica da negociação uma vez que muitos dos pedidos, uma vez definidos, são tratados pela plataforma de negociação. A automatização das negociações, seja a um nível básico ou como sistema de negociação totalmente automatizado, pode ajudar os traders a controlar as emoções, evitando erros e protegendo negociações abertas com objetivos de lucro, stops e trailing stops.

Leia também:
Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente