Governo colombiano e FARC: novo acordo de paz
Enrique de la Osa/Reuters
Página principal Síntese

A seleção das principais notícias do dia pela redação do Insider.pro

Pacto revisto poderá exigir que rebeldes entreguem lucro de atividade criminosa

Seis semanas depois dos eleitores colombianos terem rejeitado um acordo de paz entre o governo e rebeldes das FARC, os últimos anunciaram um pacto revisto. Não foram divulgados muitos detalhes quanto ao novo acordo mas o mesmo exige, alegadamente, que os rebeldes entreguem lucro de atividade criminosa.

Barack Obama em Atenas

O presidente dos EUA em final de mandato, preparado para enfrentar questões globais sobre as eleições presidenciais nos EUA na semana passada, realiza a sua última viagem programada ao exterior. Primeira paragem: Grécia, onde se espera que realize um importante discurso sobre a globalização. No final da semana irá viajar até a Alemanha para encontros com líderes europeus – e de seguida Peru, para a cimeira ao redor da Cooperação Econômica Ásia-Pacífico.

Pesos pesados do investimento partilham as suas escolhas

Carl Icahn, David Tepper e George Soros se encontram entre as centenas de investidores que irão divulgar que ações dos EUA mantiveram durante o último trimestre. Os relatórios dos multimilionários são acompanhados de perto para percepções sobre tendências e estratégias de investimento.

Superlua para relembrar

A lua irá parecer maior e mais brilhante esta noite. Poderá parecer especialmente grande perto do horizonte e será a maior lua cheia desde 1948. As marés também estarão um pouco mais altas.

Trump irá levar a alta-direita para a Casa Branca

Nomeou Stephen Bannon, chefe do intolerante Breitbart News, como “estrategista-chefe e conselheiro sénior” – e tornou Reince Preibus, presidente do Comitê do Partido Republicano e muitas vezes em desacordo com Bannon, chefe de gabinete na Casa Branca.

Centenas de milhares de manifestantes protestaram contra a presidente da Coreia do Sul

Pretendem que Park Geun-hye renuncie ao cargo entre alegações de que terá deixado a sua amiga e conselheira espiritual Choi Soon-sil se intrometer em assuntos de Estado. Park será questionada como testemunha.

França e Reino Unido se isolam

A Alemanha e a Bélgica se juntaram a um encontro de emergência para coordenar uma resposta comum da UE à eleição de Trump mas França e o Reino Unido – que encaram movimentos populistas de extrema direita nos seus países – encontraram razões distintas para não comparecerem ao encontro de 13 de novembro em Bruxelas.

Estado Islâmico assumiu responsabilidade por bombardeamento mortal no Paquistão

No sábado passado pelo menos 52 pessoas morreram numa explosão num santuário muçulmano na província paquistanesa do Baluchistão. O ataque do Estado Islâmico teve lugar um dia antes do 1º aniversário do ataque terrorista do grupo em Paris, que causou 130 vítimas mortais.

VW admitiu que carros da Audi podem enganar testes

A VW (XETRA: Volkswagen [VOW3]) assumiu que a tecnologia usada nos seus carros Audi poderá enganar o equipamento que testa emissões de carbono. Bild, o jornal alemão, avançou que a Audi está sendo investigada. A VW concordou em pagar 14,7 bilhões de dólares quanto ao escândalo que envolveu 11 milhões de carros.

Calendário econômico

  • 15:00 GMT (EUR) Discurso de Draghi, Presidente do BCE

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente