Michel Temer, presidente há um ano, falhou cumprimento das suas prioridades
Ueslei Marcelino/Reuters
Página principal Síntese, China, Apple, Uber, EUA, Coreia do Norte

As principais notícias do dia, uma seleção da redação do Insider.pro

Michel Temer falhou nas prioridades que estabeleceu para o seu mandato

Quando assumiu o cargo de presidente, há um ano, Temer destacou que o seu principal objetivo passava pela redução do desemprego – contudo, depois do seu primeiro trimestre no cargo, o desemprego no Brasil atingiu um recorde de 14,2 milhões de pessoas. O presidente também disse que a sua administração contava com apoio popular.

No entanto, as principais reformas do presidente – ao redor de pensões e emprego – são rejeitadas pela maioria da população. A expectativa oficial é que o país venha a obter superávit em 2020, depois do presidente Temer já ter deixado o cargo, e que apenas venha a equilibrar as suas contas no decorrer da década seguinte.

Ciberataque global causou diversos efeitos colaterais

Pelo menos 200.000 pessoas em 150 países foram atingidas este final de semana por um vírus que mantém ficheiros reféns – e que serão apenas devolvidos em troca de 300 dólares em bitcoin, como resgate. Entretanto, o malware (chamado “WannaCry”) foi retardado mas peritos em ciber-segurança e a Europol estão preocupados com o que poderá acontecer hoje, segunda-feira, nos regressos aos trabalhos.

Emmanuel Macron tomou posse este domingo

O novo presidente francês irá, entretanto, anunciar a sua escolha para primeiro-ministro e viajar para Berlim para se encontrar com a chanceler alemã Angela Merkel. No seu primeiro discurso como presidente no domingo, Macron afirmou “que o mundo e a Europa precisam da França mais do que nunca.”

Emmanuel Macron venceu as eleições presidenciais francesas – mas conseguirá governar?
Emmanuel Macron venceu as eleições presidenciais francesas – mas conseguirá governar?

Waymo se uniu a Lyft para testar carros autônomos

A especialista em tecnologia de condução autônoma assinou um acordo com a start-up de viagens urbanas solicitadas através de aplicativo para tornar os carros autônomos realidade através de projetos piloto e de desenvolvimento de produto. O acordo poderá prejudicar a Uber, rival da Lyft, que a Waymo – parte da Alphabet (NASDAQ: Alphabet Class A [GOOGL]), empresa-mãe da Google – está processando por alegada utilização de segredos comerciais roubados.

China deu início a cimeira de dois dias dedicada à “Rota da Seda”

Cerca de 30 chefes de estado estão reunidos desde ontem, domingo, em Pequim para discutir a iniciativa chinesa “Belt and Road”, um plano para dar prioridade a ligações infraestruturais e comércio livre entre a Ásia, África, Oriente Médio e Europa. O presidente chinês, Xi Jinping, prometeu alocar 124 bilhões de dólares à iniciativa e convidou os participantes “a manter e a desenvolver uma economia mundial aberta.”

Coreia do Norte lançou outro míssil balístico no domingo

O míssil voou 700 km em 30 minutos, antes de cair no mar entre o Japão e a Rússia. A provocação surgiu pouco depois de Moon Jae-in ter sido eleito presidente da Coreia do Sul – tendo prometido melhores relações com Pyongyang.

Fotografias surreais da Coreia do Norte
Fotografias surreais da Coreia do Norte

Apple investiu 200 milhões de dólares na Corning

A fabricante de vidro de 166 anos foi escolhida como primeira beneficiária do Advanced Manufacturing Fund da Apple (NASDAQ: Apple [AAPL]), de 1 bilhão de dólares, que procura levar trabalhos de manufatura de volta aos EUA. Os fundos seguirão para investigação, equipamento e processamento de vidro, embora analistas digam que também possam conduzir a desenvolvimentos na área da realidade aumentada e de carregamento sem fios.

Calendário Econômico

  • 16:00 (GBP) Discurso de May, Primeira-Ministra do Reino Unido
  • 22:30 (AUD) Atas da Reunião de Política Monetária do RBA
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente