FMI divulga novo World Economic Outlook
Shutterstock
Página principal Síntese, Rússia, EUA, Coreia do Norte, Brexit, Espanha
Tema do momento
10 Outubro
4030 4k

Uma seleção das principais notícias desta manhã

FMI avança previsões quanto à evolução das principais economias

O Fundo Monetário Internacional (FMI) divulga hoje uma atualização das suas previsões quanto à evolução das principais economias do mundo (se destaca que o seu último relatório data de julho). A Alemanha espera que o FMI continue apoiando iniciativas do G20, incluindo o Compact with Africa – que reforça investimentos privados e infraestruturais em países africanos.

Sindicatos franceses preparam greve laboral

São cerca de 5,4 milhões os funcionários públicos franceses que poderão realizar greve hoje – com 130 protestos agendados para todo o país. A greve foi convocada para contestar regras mais rigorosas propostas pelo presidente Emmanuel Macron como parte de amplas reformas laborais.

Espanha e Catalunha continuam em um impasse

As tensões se mantêm: Puigdemont, presidente da Catalunha, poderá declarar a independência da região ou poderá trabalhar com a Espanha para a manter como parte do país. Ontem, segunda-feira, França avançou que não reconhecerá a Catalunha se Puigdemont avançar com a secessão.

Agência de Proteção Ambiental dos EUA cessa leis da era Obama

Scott Pruitt, na liderança da agência, irá assinar uma proposta para a anulação do Clean Power Plan da administração Obama, que teria afastado os estados norte-americanos do carvão – os aproximando de fontes de energia com menor emissão de carbono. “A guerra contra o carvão acabou.” – Afirmou Pruitt ontem.

Ministro das Relações Exteriores da Rússia criticou EUA pela crescente tensão com a Coreia do Norte

Sergei Lavrov considerou a retórica de Donald Trump inaceitável – em telefonema esta segunda-feira com o seu homólogo americano, Rex Tillerson. Trump insinuou durante o final de semana que “apenas uma coisa funcionaria” (em relação à Coreia do Norte) mostrando interesse no envolvimento militar.

Theresa May tranquilizou empresas quanto a planos ao redor do Brexit

A primeira-ministra do Reino Unido se encontrou com a Vodafone, com a HSBC e outras grandes empresas – muitas das quais preocupadas com a possibilidade de acordo com a UE não decorrer como o esperado. May terá dito aos executivos que o plano de dois anos ao redor do Brexit “não é negociável” e irá acontecer.

Calendário Econômico

  • 05:30 (GBP) Produção Industrial não extrativa e s/ serv. públicos (Mensal) (Ago)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente