Apple começa hoje aceitando pré-encomendas do iPhone X
AP Photo/Marcio Jose Sanchez
Página principal Síntese, Google, Amazon, Apple, Espanha, Coreia do Norte

Uma seleção das principais notícias desta manhã

iPhone X disponível para pré-encomenda a partir de hoje

Clientes e meios de comunicação se preparam para uma corrida louca em busca do smartphone – que se estima que tenha fraco fornecimento em uma fase inicial. Se destaca que o iPhone 8 da marca (NASDAQ: AAPL), lançado há pouco tempo, tem sido amplamente ignorado a favor do seu sucessor – mais caro mas com mais recursos.

Crise na Catalunha se intensifica

Se estima que seja aprovada legislação que permita que o primeiro-ministro Mariano Rajoy assuma o controle do orçamento, da força policial e dos meios de comunicação estatais da região insurgente. Carles Puigdemont, presidente da Catalunha, avançou ontem à noite que o parlamento catalão poderá votar hoje pela independência.

Vice primeiro-ministro australiano considerado inelegível

O estatuto de Barnaby Joyce, juntamente com o de seis deputados, foi posto em causa quando se concluiu que têm dupla cidadania – o que os torna inelegíveis para o parlamento nacional. A saída de Joyce não será insignificante uma vez que o governo de Malcolm Turnbull perde assim o assento que lhe dava maioria.

James Mattis visitou a DMZ coreana

O Secretário da Defesa dos EUA esteve na altamente fortificada fronteira (zona desmilitarizada, DMZ na sigla original) na península coreana antes de conversações que terão lugar hoje em Seul. A Coreia do Sul tem pressionado por controle operacional das suas próprias forças caso se verifique conflito com o Norte – situação em que sob os acordos atuais os EUA controlam as suas forças. A viagem de Mattis está preparando o caminho para uma visita de Donald Trump à Ásia no início do próximo mês.

CVS considera oferta pela Aetna

O acordo de 66 bilhões de dólares combinaria uma grande cadeia de farmácias (NYSE: CVS) com uma das maiores seguradoras de saúde (NYSE: AET) dos EUA, concedendo à empresa resultante da fusão mais alavancagem contra empresas farmacêuticas – e contra esperado impulso da Amazon no segmento de farmácia.

Alphabet e Amazon relataram resultados trimestrais estelares

A empresa-mãe da Google (NASDAQ: GOOGL) gerou 7,8 bilhões de dólares de lucro trimestral em 27,8 bilhões de dólares de receita, quase inteiramente de publicidade. O lucro de 256 milhões de dólares da Amazon (NASDAQ: AMZN) – em receita de 43,7 bilhões de dólares – ultrapassou facilmente as expectativas dos analistas.

Calendário Econômico

  • 10:30 (USD) PIB (Trimestral) (Q3)
  • 12:30 (BRL) Empréstimos Bancários (Mensal) (Set)
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente