Paradise Papers divulgaram informação sobre a Apple
AP Photo/Eric Risberg
Página principal Síntese, Donald Trump, Snapchat, Apple, Coreia do Norte
Tema do momento
7 Novembro
2680 2k

Uma seleção das principais notícias desta manhã

Apple mencionada nos Paradise Papers

De acordo com os documentos, a Apple (NASDAQ: AAPL) terá começado canalizando – secretamente – parte da sua receita internacional para a ilha de Jersey, uma dependência da coroa britânica com imposto corporativo de 0% para empresas estrangeiras. O movimento terá começado depois da União Europeia ter criticado o acordo da Apple com a Irlanda.

Gráfico: Irlanda concedeu tratamento fiscal preferencial (e ilegal) à Apple

Donald Trump visita a Coreia do Sul

A próxima etapa da viagem do presidente dos Estados Unidos pela Ásia o leva a Seul – onde irá se encontrar com o presidente Moon Jae-in. O programa nuclear da Coreia do Norte estará no topo da agenda. Apesar de brincar com a ideia, Trump não irá visitar a Zona Desmilitarizada entre a Coreia do Sul e a Coreia do Norte.

Janet Yellen discursa em Washington

A presidente da Reserva Federal dos EUA fará hoje a sua primeira aparição pública desde que Donald Trump nomeou o seu sucessor, Jerome Powell. Yellen irá aparecer ao lado do seu antecessor, Ben Bernanke, para receber um prêmio pela sua ética no cumprimento de funções.

Snap relata os seus resultados trimestrais

Os investidores vão estar atentos para perceber se a empresa (NYSE: SNAP) por detrás da rede social Snapchat consegue recuperar da desaceleração da receita e do crescimento de usuários – o que tem mantido a negociação das suas ações abaixo do valor da IPO, 17 dólares.

Conselho de Segurança das Nações Unidas abordou a crise dos Rohingya em Myanmar

O órgão emitiu uma declaração expressando “grave preocupação” com a violação dos direitos humanos em curso – e reiterou o seu apelo para se terminar com o uso de força excessiva contra a minoria muçulmana do país. Porém, não aprovou qualquer resolução – provavelmente devido a oposição da China.

21st Century Fox poderá vender estúdios à Disney

A empresa (NASDAQ: FOX) de Rupert Murdoch está considerando a venda das suas propriedades de Hollywood para se focar apenas em notícias e esporte, de acordo com a CNBC. Os canais Fox não farão parte de potencial acordo – e a grande componente europeia da empresa de Murdoch provavelmente também não.

Calendário Econômico

  • 01:30 (AUD) Decisão da Taxa de Juros (Nov)
  • 01:30 (AUD) Declaração de Taxa do RBA
  • 07:00 (EUR) Discurso de Draghi, Presidente do BC
  • 13:00 (USD) Ofertas de Emprego JOLTs (Set)
  • 15:55 (CAD) Discurso de Poloz, Governador do Bo
  • 17:30 (USD) Discurso de Yellen, Presidente do Banco Central
Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente