A razão pela qual deve comprar ações da Cisco agora
Albert Gea/Reuters
Página principal Finanças

Se existe um momento para comprar ações da Cisco esse momento é agora

Esta líder do mundo da tecnologia tem realizado algumas aquisições e está pronta para ganhos impressionantes – que deverão superar o mercado e o setor da tecnologia.

A Cisco (NASDAQ: Cisco Systems [CSCO]), empresa de dispositivos de rede e de comunicações, deverá anunciar os lucros do último trimestre esta quarta-feira, 17 de agosto – e Wall Street está entusiasmada. Os analistas preveem que a Cisco seja uma vencedora, em termos de crescimento, este ano – e não só.

Afinal, a empresa superou as estimativas de ganhos de forma consistente nos últimos quatro trimestres e poderá continuar nesse registro. Poderá ser altura de pensar na mesma antes que seja demasiado tarde.

Se a Cisco ainda não faz parte da sua carteira, saiba por que deve criar espaço para ela imediatamente.

Os switches e routers da Cisco já fazem parte das máquinas de muitas empresas, escolas e governos. No entanto, a empresa procura agora aumentar os serviços de segurança, à luz de ameaças de cibercrime colocadas a vários níveis.

Para este fim a Cisco já realizou várias aquisições – para preencher buracos na sua oferta de segurança – e oferece aos seus clientes um conjunto de produtos e serviços.

A Cisco continua mantendo um grande foco na segurança e isso foi evidente nos seus novos lançamentos ao nível da segurança no recente evento Cisco Live em Las Vegas, nos EUA. A empresa anunciou três tecnologias relacionadas com filtragem de conteúdo, deteção de ameaças, software de resposta e proteção avançada contra ameaças, de acordo com uma nota da Drexel Hamilton. A empresa reiterou a sua classificação buy (comprar) quanto à ação.

De acordo com parceiras da Cisco, as vendas de segurança-na-nuvem da empresa têm subindo a taxas de dois dígitos enquanto os clientes procuram lidar com um menor número de fornecedores e procuram mudar de forma segura para a nuvem. Nos últimos dois anos, a Cisco comprou empresas principalmente orientadas para a nuvem.

Além disso, realizou três aquisições inteligentes: empresas de segurança.

A aquisição da Portcullis, baseada no Reino Unido, expandiu os serviços de consultoria de segurança da empresa para regiões fora da América do Norte. A compra da Lancope permitiu à Cisco adicionar a deteção de ameaças context-aware e tecnologia forense avançada aos seus routers. A aquisição da CloudLock em junho irá contribuir para melhorar a sua tecnologia de segurança no acesso à nuvem.

Especula-se bastante ao redor da possibilidade da Cisco pretender comprar a Imperva, fornecedora de tecnologia de segurança sediada na Califórnia. A adição da Imperva irá ajudar a Cisco a entrar em áreas como Distributed Denial of Service (DDoS) e firewalls para aplicações web, de acordo com uma parceira da mesma. Também poderá fortalecer a capacidade da Cisco ao nível da segurança de dados, encriptação e máscara de dados, de acordo com especialistas.

De acordo com a Cybersecurity Ventures, as empresas irão gastar cerca de 1 bilião de dólares em produtos e serviços de cibersegurança entre 2017 e 2021.

A concorrência está aumentando com empresas mais pequenas a entrar em cena, mas a IBM (NYSE: International Business Machines [IBM]) e a Cisco já comandam 2 bilhões de dólares e 1,75 bilhões de dólares na área da segurança cibernética, respetivamente.

Microsoft vs. IBM: que ações comprar?

Existe muito potencial de crescimento com bancos como o JPMorgan Chase (NYSE: JPMorgan Chase & Co [JPM]), que duplicou o seu orçamento para cibersegurança recentemente, e como o Bank of America (NYSE: Bank of America Corporation [BAC]), que anunciou um orçamento ilimitado. Até mesmo o governo dos EUA expandiu o seu orçamento em 35% em apenas um ano, para 19 bilhões de dólares em 2017.

Apesar das aquisições, a Cisco ainda possui uma grande quantidade de fundos. Possui atualmente um total de 63,51 bilhões, o suficiente para cobrir a sua dívida de 28,6 bilhões de dólares duas vezes.

Depois de ter permanecido constante entre 2009 e 2011, a Cisco conseguiu expandir a sua posição de fluxo de caixa livre de forma consistente, permanecendo em 12,69 bilhões de dólares numa base de 12 meses. Isto mais do que assegura o pagamento de dividendos, que se encontram atualmente nuns muitos atraentes 3,3%.

Os analistas também estão otimistas quanto às margens da Cisco, que já se encontram muito à frente da média da indústria. De acordo com a Cowen & Co, que tem um rating de outperform (superação de desempenho) quanto à ação, a Cisco tem potencial para alcançar 64% de margem bruta e mais de 31% de margem operacional (excluindo as despesas com a compensação de colaboradores) nos próximos anos, contra os intervalos 62%-63% e 28%-29% que prevalecem atualmente.

Em termos de crescimento de ganhos, numa estimativa de 10,5% ao ano para os próximos cinco anos, a Cisco deverá superar a taxa de 8,2% do S&P 500 (INDEX: US500).

Apesar de números como estes, a valorização da Cisco é razoável, com um índice preço/lucro de 13,24 contra a média de 21,34 da indústria.

Se existe um momento para comprar ações da Cisco esse momento é agora.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente