Mercado de ações: 3 empresas a acompanhar esta semana
Call of Duty
Página principal Finanças

Foque-se nas ações do Facebook, Activision Blizzard e Fitbit ao longo dos próximos dias de negociação

As ações tiveram um desempenho misto na semana passada. Com a temporada de resultados do terceiro trimestre a atingir alta velocidade, o Dow Jones Industrial Average (INDEX: DIJ) alcançou um pequeno ganho. O mais amplo S&P 500 (INDEX: US500), por sua vez, caiu na ordem de 0,7%. Ambos os índices subiram 4% até agora em 2016.

As grandes notícias econômicas desta semana serão, provavelmente, ao redor da Reserva Federal dos EUA e respetiva reunião de política monetária na quarta-feira. Não se espera que a Reserva Federal aumente as taxas de juro nesta reunião mas a mesma poderá sinalizar um aumento no encontro de dezembro.

Entretanto, os investidores focados no Facebook (NASDAQ: Facebook [FB]), Fitbit (NYSE: Fitbit Inc [FIT]) e Activision Blizzard (NASDAQ: Activision Blizzard [ATVI]) poderão observar grandes movimentos nas suas participações – impulsionados pelos relatórios de resultados a serem publicados ao longo dos próximos dias de negociação.

Facebook, quarta-feira

Espere volatilidade em torno das ações do Facebook esta semana. A gigante rede social subiu 25% este ano, até agora, refletindo as altas expectativas dos investidores no seguimento dos resultados do último trimestre – em que o Facebook relatou um aumento de receita de 59% e rentabilidade crescente com os usuários afluindo para a sua plataforma e sendo seguidos por anunciantes.

É possível que o crescimento abrande desse ritmo este trimestre. Como de costume, o aumento de usuários será a métrica-chave. O Facebook atraiu mais 17% de usuários ativos diários no último trimestre e outro aumento de dois dígitos será crítico para manter o ritmo de crescimento da receita de publicidade na ordem de 60%.

A margem operacional poderá cair no curto prazo com o Facebook (NASDAQ: Facebook [FB]) aumentando despesas com iniciativas de crescimento – como mensagens, realidade virtual e vídeo. De acordo com o CEO, Mark Zuckerberg, em julho, estas iniciativas estão à procura de casa “no centro de todos os nossos serviços”.

Fitbit, também quarta-feira

Quarta-feira também será dia de atualização importante quanto à Fitbit, líder em tecnologia utilizável. As estimativas avançam que as vendas poderão subir uns saudáveis 24%, para 506 milhões de dólares, ou a mais elevada previsão avançada pela gestão em agosto. Os lucros poderão cair, no entanto, devido a despesas extra com Investigação e Desenvolvimento e Marketing.

Os resultados do passado não serão tão importantes como o que a Fibit tem a dizer sobre a receção da sua renovada linha de produtos. As novas edições dos seus dispositivos Charge e Flex atraíram primeiras críticas positivas – mas serão os números desta semana a mostrar como as retalhistas estão a acumular produtos de fitness, demonstrando as suas expectativas ao nível da procura.

A Fitbit (NYSE: Fitbit Inc [FIT]) precisa vender milhões destes dispositivos enquanto convence os clientes nos usando diariamente para que o seu ecossistema se torne mais forte. Não existe dúvida de que a concorrência tem ficado com parte da sua quota de mercado, o que aumenta os riscos para a Fitbit.

Activision Blizzard, quinta-feira

A criadora de jogos de vídeo, Activision, está próxima de altas recorde. Afinal de contas, não existe escassez de drivers de crescimento para esta líder de mercado altamente diversificada, incluindo novos jogos como o Overmatch e o último capítulo de Call of Duty – que deverá ser lançado a 4 de novembro. Também existem novos modelos de negócio a explorar. Por último, a gestão não poderá estar mais otimista quanto ao potencial da Activision (NASDAQ: Activision Blizzard [ATVI]) para o gênero e-sports dado que os fãs de jogos já despendem muitas horas assistindo a competições ligadas às suas marcas.

O aumento de envolvimento tem impulsionado resultados estelares, incluindo fluxo de caixa recorde no último trimestre – que subiu 250% em relação ao último ano. Não existe muita razão para preocupações quanto a um mais elevado preço das ações. Sim, as ações subiram 15% este ano. No entanto, a empresa ainda está valorizada em linha com a sua rival Electronic Arts (NASDAQ: Electronic Arts [EA]), a 22 vezes lucros esperados.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente