5 Sinais de que tem o que é preciso para se tornar milionário
Página principal Finanças

Se alguma vez quis ser milionário (quem nunca?), esta é a altura indicada. Segundo uma sondagem do Grupo Spectrem há hoje nos Estados Unidos mais milionários do que nunca.

Desde finais de 2016 os Estados Unidos atingiram o número recorde de 10,8 milhões de milionários, um aumento de cerca de 400 mil em relação ao ano anterior. Estudos apontam a recuperação da economia desde a Grande Recessão de 2008, bem como a tendência altista sentida no mercado de ações após as eleições presidenciais de 2016, como as principais razões para o aumento do número de milionários.

Apesar de todos querermos ser milionários, poucas pessoas têm o que é necessário para concretizar o sonho. Há, no entanto, determinadas características que muitas das pessoas mais ricas do mundo têm em comum. Caso se identifique com algum destes traços pode estar destinado a ser milionário.

1. Sempre teve espírito empreendedor

De acordo com o jornal “The Economist”, cerca de metade dos milionários do mundo fizeram fortuna começando o seu próprio negócio – e muitos deles começaram bastante cedo.

Mark Cuban começou por vender sacos de lixo aos vizinhos quando tinha 12 anos porque não podia ter um trabalho. Warren Buffett teve uma ideia parecida, começando a vender pacotes de pastilha elástica aos amigos com apenas seis anos. E Richard Branson, com a tenra idade de 11 anos, já fazia criação de periquitos e os vendia.

É este espírito empreendedor e esta ética de trabalho que levam muitas crianças e adolescentes a se tornarem adultos que criam empresas bilionárias.

2. Tem várias fontes de renda

Embora todos sonhemos com a criação de uma empresa bilionária, tal não é possível para todos os aspirantes a milionários. Poderá ser mais fácil criar várias fontes de renda mais pequenas para alcançar milhões de dólares.

Em um estudo levado a cabo durante cinco anos Thomas C. Corley concluiu que a maioria dos milionários tinha várias fontes de renda. Cerca de 65% tinham três fontes, 45% tinham quatro e 29% tinham cinco ou mais fontes.

“Três fontes de renda é o número mágico para os milionários que subiram a pulso – no meu estudo sobre os hábitos dos mais ricos”, explicou Corley. “Porém, quantas mais fontes de renda tivermos na vida, mais estáveis serão as nossas finanças.”

3. Está sempre aprendendo

Steve Siebold, escritor e milionário que subiu a pulso, passou mais de 30 anos entrevistando algumas das pessoas mais ricas do mundo, tendo descoberto que muitas delas partilhavam um traço comum: hábitos de leitura.

“A classe média lê romances, tabloides e revistas de entretenimento”, escreveu Siebold no seu livro. “Se entrarmos na casa de uma pessoa abastada, uma das primeiras coisas em que reparamos é na vasta biblioteca usada para alcançar o sucesso.”

A maioria dos milionários mais conhecidos parece corroborar esta teoria. Bill Gates, por exemplo, lê cerca de 50 livros por ano, se diz que Warren Buffett passa cerca de 80% do dia de trabalho lendo e quando perguntaram a Elon Musk como aprendeu a construir foguetões, este respondeu: “Li livros.”

4. Investe em você em primeiro lugar

É fácil adquirirmos o hábito de adiarmos para um dia mais tarde as poupanças para os nossos objetivos financeiros – até descobrirmos que esse dia nunca chega. É por isso que muitos milionários encaram as poupanças e o investimento como mais uma conta que têm para pagar.

“A maioria das pessoas gasta algum dinheiro, paga as contas e economiza o que resta”, explica Nancy Butler, consultora financeira certificada. “Estamos fazendo o contrário do que deveríamos: devíamos economizar tendo em vista os nossos objetivos financeiros, depois pagar as contas e depois gastar o dinheiro que sobra.”

Muitos peritos em finanças aconselham a regra dos 50/30/20: 50% da nossa renda deve ir para necessidades fundamentais (a hipoteca, as contas, as necessidades básicas, etc.), 30% deve ir para as coisas que queremos (roupa nova, jantar fora) e devemos ficar com os restantes 20%.

5. Vive abaixo das suas possibilidades

Warren Buffett é conhecido por ter vivido na mesma casa em Omaha, no Nebraska, desde 1958, e Mark Zuckerberg conduz um Volkswagen.

Dominar a arte de atrasar a recompensa é uma característica-chave que muitos milionários têm em comum, pois conseguem controlar os seus impulsos e não gastar o dinheiro mal o ganham. A maioria das pessoas tem dificuldade em controlar este impulso (e o facto de o agregado familiar americano médio ter sete mil dólares de dívida em cartão de crédito é disso prova cabal), mas, felizmente, podemos treinar o nosso cérebro para evitarmos mais facilmente as compras por impulso.

Segundo nos diz Lance Cothern, autor de um blogue pessoal sobre finanças, há algumas estratégias de que nos podemos servir para melhorarmos o controlo dos nossos impulsos, entre as quais delinear os nossos objetivos financeiros, esperar 24 horas quando sentimos o impulso de fazer uma compra e perguntar a alguém mais velho de que é que mais se arrepende a nível financeiro, para que evitemos cometer os mesmos erros.

Embora ser milionário pareça um feito inatingível para muita gente, é um objetivo alcançável se nos concentrarmos nele. Se já tem os traços financeiros de algumas das pessoas mais ricas do mundo, pode estar no bom caminho para fazer fortuna.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente