Como 10 personalidades bem-sucedidas vingaram no mundo dos negócios
Página principal Estilo de Vida, Histórias de sucesso

Quem não sonha com a ideia de ficar rico? Saiba como algumas personalidades alcançaram esse estatuto

Todo mundo sonha com a ideia de ficar rico. De pequenas empresas à procura de grandes clientes, a empresários a tentar desenvolver o novo gadget obrigatório, muitas são as pessoas que aspiram a fazer uma fortuna.

Eis as formas lendárias como 10 personalidades incrivelmente bem-sucedidas vingaram no mundo dos negócios.

1. Investir em ações excelentes: Warren Buffett

Warren Buffett é um dos empresários mais conhecidos do mundo e o seu percurso na bolsa é, sem dúvida, lendário. Os cerca de 66 bilhões de dólares atribuídos a Buffett, a par da terceira posição na lista dos mais ricos do mundo, ficam-se largamente devendo ao seu talento na escolha de ações.

O Oráculo de Omaha, como é carinhosamente chamado, começou a investir profissionalmente no final da década de 50. O sucesso, todavia, não lhe chegou à cabeça a avaliar pelo estilo de vida prosaico que leva. O empresário ainda vive em Omaha, na mesma casa que comprou por 31.500 dólares em 1958.

2. Fabricar algo novo: Palmer Luckey

A maioria das pessoas desconhece o nome, o que é uma pena porque a história é digna de fábula. Inventor do Oculus Rift, Luckey começou com o sonho de fazer equipamento de realidade virtual. Depois de meses à procura de peças na garagem dos pais, o jovem expôs a ideia no Kickstarter e, em poucas horas, conseguiu um quarto de milhão de dólares com base no protótipo de óculos que criara.

No espaço de um mês, Luckey angariou 2,4 milhões para investir na invenção. Dois anos depois, quando tinha 21, o Facebook comprou a empresa, Oculus VR, por 2,3 bilhões. A Forbes estima que Luckey valha algo como 700 milhões.

3. Desistir da universidade: Mark Zuckerberg

Muita gente escolhe continuar os estudos em uma faculdade. Poucos são, contudo, os que vão para Harvard – e menos ainda os que desistem para abrir uma empresa própria. Zuckerberg fez os três. Hoje, o mítico fundador do Facebook aparece em 6º lugar na lista dos Milionários do Mundo da Forbes, com uma riqueza avaliada em 50 bilhões de dólares. Para este empresário, pelo menos, acabar os estudos não compensava.

4. Vender algo: Sara Blakely

Trabalhou nas atrações da Disney World, vendeu faxes porta a porta e é uma das maiores histórias de sucesso do mundo empresarial. Aos 29 anos, depois de um rol de ocupações menores que não a realizavam, abriu, com 5 mil dólares e o sonho de ajudar as pessoas se sentindo melhor na própria roupa, a sua empresa. Esse sonho se tornou conhecido como Spanx, que Blakely inicialmente vendeu a partir da bagageira do carro.

Passados 16 anos, a empresária tem mais de bilhão de dólares e detém ainda 100% da empresa.

5. Fazer dinheiro mais que uma vez: Elon Musk

Há quem ganhe o japckpot uma vez. Menos são os que acertam duas vezes. Elon Musk, porém, começou múltiplas empresas de sucesso ao longo da vida.

Enquanto um dos fundadores da PayPal, Musk fez fortuna pela primeira vez quando a empresa foi adquirida pela eBay. Não contente com a perspectiva de aproveitar uma reforma antecipada, o empresário seguiu em frente e fundou a Tesla e a SpaceX, ao mesmo tempo que exerce um papel fundamental na Solar City – todas elas empresas na esfera de bilhão de dólares. O atual valor nominal de Musk, 13 bilhões, pode muito bem ser ultrapassado se a sua mais recente ideia de um novo sistema de transporte ganhar tração – o Hyperloop. O termo “lendário” não chega para descrever este multimilionário.

6. Vender algo que já existe: Bill Gates

Com uma fortuna avaliada em 80 bilhões, Bill Gates é o homem mais rico do mundo. Antes, porém, de se tornar na incrível história de sucesso que é hoje, o empresário foi um perspicaz, mas mediano, homem de negócios.

Gates geriu a Microsoft nos primórdios da revolução dos PC. Depois de convencer a IBM – o maior e mais lucrativo fabricante de PC da época – que era altura de comprar um sistema operativo da Microsoft, o empresário optou por adquirir o já existente DOS, de uma empresa concorrente. Revendeu depois o DOS à IBM com uma margem de lucro significativa.

A venda deu a Gates a alavanca e os fundos necessários à criação do Windows, o que o lançou nos anais da história como o melhor empresário de todos os tempos.

7. Perder o emprego: Michael Bloomberg

Todo mundo sabe o que é ser dispensado. Enquanto a maioria se preocupa em encontrar um novo emprego que pague as contas, é raro que um despedimento abra as portas do sucesso.

Foi esse o caso de Michael Bloomberg. Depois de ser despedido de um escritório em Wall Street no princípio da carreira, Bloomberg decidiu lançar a própria empresa de tecnologia para finanças muito antes do boom da internet. Após anos de trabalho árduo, o empresário é agora a oitava pessoa mais rica dos EUA com uma fortuna avaliada em cerca de 43,4 bilhões. Foi também mayor de Nova Iorque em três mandatos e é um dos homens mais poderosos da cidade.

8. Inventar qualquer coisa: Igor Sikorsky

Igor Sikorsky tornou-se rico quando ainda andava na casa dos 20. Com 24 anos desenvolveu o primeiro avião a quatro motores. Mais tarde inventou o helicóptero e fundou a empresa que ainda hoje tem o seu nome.

Sikorsky faleceu em 1972 mas a empresa continuou sendo extraordinariamente bem-sucedida nas décadas que se seguiram. A Sikorsky Aircraft foi recentemente adquirida pela Lockheed Martin por uns impressionantes 9 bilhões. Criar uma nova forma de transporte: no que toca a invenções, é difícil fazer melhor.

9. Escrever um livro: J. K. Rowling

O percurso de J. K. Rowling é tão famoso que é quase mítico. De mãe solteira dependente de subsídios, a autora de best-sellers e uma das mulheres mais ricas do mundo. Tudo graças à história de um rapaz chamado Harry Potter.

A fábula de bruxas, feiticeiros e aventuras cativou centenas de milhares de pessoas em todo o mundo, e os livros foram transformados em filmes e inspiraram videojogos e parques temáticos. E pensar que Rowling deve o seu estatuto de milionária a um conto escrito em uma viagem de trem...

10. Encontrar um tesouro: Mel Fisher

Descobrir um tesouro perdido e ficar rico pode parecer uma fantasia infantil. No caso de Mel Fisher, porém, o sonho se tornou realidade.

Fisher é um caçador de tesouros profissional que descobriu algo como 450 milhões de dólares a bordo do navio espanhol Atocha, naufragado ao largo da baía de Key West. Passou os anos seguintes defendendo o direito ao conteúdo afundado, em um processo que chegou ao Supremo Tribunal – até o próprio, a tripulação e os investidores que o apoiaram se tornarem ricos quando a última instância permitiu que mantivessem a totalidade do saque.

Acertar no jackpot não é fácil. E fazê-lo de forma lendária é raro. Contudo, poucas coisas ultrapassam a satisfação dos que têm essa sorte. Estas 10 pessoas se tornaram ricas de maneiras extraordinárias e pouco comuns – mas não faltam oportunidades a quem esteja disposto a trabalhar muito.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente