6 Desculpas que o impedem de começar o seu próprio negócio
Página principal Estilo de Vida

Saiba porque deve deixar para trás os seus receios e abrir a sua própria empresa

É provável que reconheça as “desculpas” que se seguem se sempre quis começar o seu próprio negócio e nunca o fez. Saiba por que não passam de desculpas – e como deve rejeitá-las.

1. Tenho de sustentar a minha família

É um facto que a maioria das start-ups não tem lucros nos primeiros tempos. No entanto, pode encontrar outras formas de ganhar dinheiro – como consultor ou freelancer. Aquele pai que passa a vida focado no trabalho e mal vê os filhos não é o melhor pai.

2. Não tenho experiência suficiente

Vai continuar insistindo que é muito jovem e inexperiente, toda a sua vida? Sabe qual será o resultado, não sabe? Vai continuar inexperiente... Mas não mais jovem.

3. A concorrência é elevada

Parece que surgem start-ups todos os dias e em todos os lugares – o que não invalida a necessidade de mais. É um mar de possibilidades e aqueles que estão focados na resolução de problemas serão recompensados.

4. Já tenho dinheiro suficiente

Não é desculpa. Em primeiro lugar, se gastar todo o dinheiro que tem consigo mesmo não obterá o mesmo nível de satisfação – e, em segundo lugar, uma start-up poderá ser uma boa forma de multiplicar os seus milhares ou milhões.

5. Preciso de liberdade

Sim, uma start-up irá consumir quase todo o seu tempo – o privando de liberdade. No entanto, tomará consciência de quais os sacrifícios necessários para alcançar os seus objetivos.

6. Pode correr tudo mal

São mais as start-ups que não duram do que as que duram – e a sua também poderá fracassar, sendo a probabilidade bastante elevada: pelo menos 50%. É exatamente a mesma probabilidade de um tijolo cair sobre a sua cabeça – mas não deixa de sair de casa, pois não?

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente