8 Cataratas secretas que irão tornar as suas próximas férias mágicas
Página principal Estilo de Vida

Cascatas da Noruega à Mongólia, passando pelo Peru e Equador, das quais provavelmente nunca ouviu falar

As Cataratas do Niágara, Iguaçu ou Vitória são alguns dos sítios mais bonitos do mundo mas não são exatamente desconhecidos. Se não planear a visita como deve ser, ainda acaba às cotoveladas com a multidão em busca da foto perfeita.

A verdade é que ter uma cascata de menor dimensão à nossa inteira disposição pode ser igualmente incrível, sobretudo quando se pode aproveitar um mergulho em paz, rodeado apenas por floresta densa, rochedos imponentes e o ruído ensurdecedor de uma obra dramática da Mãe Natureza.

Confira oito quedas de água que vale a pena incluir nas próximas férias.

Cataratas da Floresta Nublada, Equador

São provavelmente mais de 19 as cataratas existentes na floresta enevoada do Equador, a três horas de Quito. Mas foi esse o número de quedas de água que os guias do Mashpi Lodge, um eco-resort com 22 quartos em um parque natural de quase 1.300 hectares, descobriram durante as suas deambulações pelo campo luxuriante do país. Uma mão cheia delas integra o itinerário diário de caminhada do eco-resort, limitado a grupos de seis. Recomendamos todavia que dê prioridade à cascata Magnólia, pelo seu “jacuzzi” natural.

Secret Falls (Cataratas Secretas), Ilha de Sumba

Para chegar à queda de água precisa primeiro de saber onde fica Sumba – na Indonésia. A seguir tem de fazer uma reserva no Nihiwatu, um dos resorts mais populares do mundo. (E sim, é mesmo verdade, ganhou todos os adeptos possíveis e imaginários). Dali, é uma viagem de 45 minutos de carro pelo vale de Wanukaka, na costa sul de Sumba, e depois uma subida de 90 minutos até à cascata – rodeada por penhascos de 300 metros de onde brota água para uma lagoa azul em que pode nadar.

Jurassic Falls (Cataratas Jurássicas), Kauai, Havai

Um nome diz muita coisa – nomeadamente no caso do original das Jurassic Falls, Manawaiopuna. A alcunha, para facilitar, veio do famoso filme de Steven Spielberg que as tornou conhecidas. Até recentemente, porém, permaneceram inacessíveis graças à localização nos recônditos de Kauai, no Havai. Hoje em dia é possível visitá-las com o auxílio da Island Helicopters, que o deposita na base das cascatas a 122 metros de altura e mostra o caminho para chegar à melhor vista. (Dica de profissional: passe a noite no St. Regis Princeville Resort e deixe o concierge organizar a aventura).

Quedas de água do rio Orkhon, Mongólia

Quedas de água não são o que acorre ao espírito quando se está a cavalo nas estepes da Mongólia. E são ainda mais impressionantes no Inverno, quando o país se torna um país das maravilhas gelado – e as cascatas de 6 metros congelam. Mas é isso que as torna tão interessantes. Vá com a Nomadic Expeditions, que tem pontos de paragem em Orkhon nas expedições de aventura de 14 dias.

Cataratas “In the Know” (Só Quem Sabe), Bali, Indonésia

O resort InterContinental Bali está rodeado de tantas cascatas, muitas ainda por descobrir, que o staff decidiu compilar uma lista exclusiva chamada In the Know. Para as encontrar tanto pode ter de se aventurar em uma caminhada rigorosa, como em um agradável passeio pela natureza, de modo que o concierge foi formado com o intuito de recomendar o guia certo e aconselhar sobre as expedições em função da aptidão física e gostos de cada viajante.

Cataratas de Machu Picchu, Peru

Como se Machu Picchu não estivesse envolto em mistério suficiente, na zona envolvente se encontram duas quedas de água pouco conhecidas. A primeira é uma cascata anônima no final de um percurso pedestre no terreno do hotel Inkaterra Machu Picchu Pueblo, em Aguas Calientes, cujos guias organizam caminhadas meditativas ao crepúsculo, mostrando as gravuras rupestres pré-Incas ao longo do percurso. Depois há as cascatas escondidas de Mandor, a meia distância entre o hotel e Machu Picchu. Se demora cerca de meio dia a lá chegar, mas o trilho atravessa uma zona de gaios-verdes e maitacas-de-cara-manchada e os guias do Inkaterra de bom grado mostrarão o caminho.

Cascata de Hellemobotn, Noruega

As cascatas mais conhecidas ganharam fama pela altura assombrosa. Esta, no norte da Noruega, se destaca por estar praticamente na horizontal. Os guias da Lindblad Expeditions há muito que a admiram, ouvindo à distância o som da água na rocha, mas nunca souberam exatamente como lá chegar. Até ao Verão passado – um grupo descobriu um trilho íngreme que leva diretamente à fonte.

Cascata Picnic, Tailândia

Jantar sob uma queda de água é capaz de ser uma ideia perigosa. No entanto, o Soneva Kiri, um resort de luxo na ilha menos habitada da Tailândia, Koh Kood, transformou a experiência no cúmulo das noites românticas. Os hóspedes podem pedir ao concierge que organize uma “refeição para dois” no sopé de uma pequena cascata, em que os borrifos de água pouco dano causam ao caril.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente