Saiba mais sobre Pyeongchang, condado que acolhe os Jogos Olímpicos de inverno de 2018
Sanga Park/Shutterstock.com
Página principal Estilo de Vida

Pyeongchang, condado sul-coreano que acolhe os Jogos Olímpicos de inverno de 2018, irá receber perto de um milhão de atletas e espetadores em fevereiro

O condado de Pyeongchang é um dos locais mais seguros para viver e visitar em todo o mundo — apesar de se encontrar a apenas 80 km de distância da fronteira com a Coreia do Norte, que intensificou a sua ameaça à segurança internacional com uma série de testes a mísseis balísticos e armas nucleares nos últimos meses.

Localizado entre montanhas e vales o condado cobre uma área com dimensão semelhante à cidade de São Paulo. São mais de 43.000 os seus habitantes, se destacando que muitos se dedicam à agricultura.

Saiba mais sobre Pyeongchang, condado que acolhe os Jogos Olímpicos de inverno de 2018.

Pyeongchang (não confundir com Pyongyang, a capital da Coreia do Norte) se encontra à mesma distância da fronteira com a Coreia do Norte e de Seul, capital da Coreia do Sul.

A área tem uma elevação média de aproximadamente 700 metros acima do nível do mar, sendo apelidada de “Alpes da Coreia”. As montanhas cobrem mais de 80% do terreno.

Pyeongchang é um dos locais mais frios do país. Durante o inverno, o ar frio desce da Rússia e arrefece a zona para cerca de 1ºC ou menos.

Em um concerto recente conduzido no Estádio Olímpico — espaço com capacidade para 35.000 pessoas, sem cobertura ou sistema de aquecimento — seis pessoas entraram em estado de hipotermia. Janeiro é o mês mais frio.

Pyeongchang atrai amantes dos esportes de inverno com as suas condições imaculadas para a prática de esqui. O maior resort, Alpensia Resort, tem seis pistas para esqui e snowboard.

São poucas as pessoas que falam Inglês, apesar do governo da Coreia do Sul ter proporcionado aulas de Inglês para funcionários da indústria de serviços.

Os visitantes com vontade de experimentar churrasco coreano não encontrarão escassez em Pyeongchang. Porém, as iguarias locais são paloco seco guisado e arroz vaporizado com ervas da montanha.

Os habitantes se movem de bicicleta, ônibus e carro. Foram construídas vias ferroviárias de alta velocidade a tempo dos Jogos Olímpicos — que irão transportar os visitantes de Seul para Pyeongchang em pouco mais de uma hora.

No parque nacional Woljeongsa Temple os visitantes podem explorar antigos templos budistas. Foi estabelecido no ano de 643.

O massivo complexo de templos e pagodes foi destruído durante a Guerra da Coreia e reconstruído após a mesma. Hoje, o Woljeongsa Temple é um dos 10 parques nacionais da Coreia.

Na cidade montanhosa de Daegwallyeong os visitantes podem visitar uma quinta de ovelhas, onde podem aprender a andar a cavalo ou a fazer queijo. A quinta é frequentemente usada como cenário para filmes coreanos.

Os visitantes vão começar chegando a Pyeongchang em fevereiro. De acordo com dados deste mês, 61% dos bilhetes já foram vendidos (de um total de 1 milhão).

À medida que os Jogos se aproximam todos os olhos se viram para a Coreia do Sul — e para o seu vizinho a norte.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente