A Samsung, não a Apple, poderá realmente mudar os próximos carros
Página principal Tecnologia

Os carros de hoje são parecidos com os celulares da década passada: cumprem o objetivo mas podiam ser muito mais

Ao gastar 8 bilhões de dólares na aquisição da Harman International a Samsung (KRX: 00593) espera entrar no mundo da tecnologia automóvel. Os nossos carros poderão usufruir da sua ajuda.

Atingida em força pela recolha global do seu smartphone Galaxy Note 7, a Samsung está mudando de faixa. A gigante de eletrônica avançou ontem de manhã que irá pagar 8 bilhões de dólares pela compra da empresa de tecnologia automóvel Harman International (NYSE: Harman International Industries [HAR]), uma grande aposta nos carros inteligentes.

Os carros conectados são a última tendência no mundo automobilístico. Enquanto grande parte do mundo se viu alterada pela revolução dos smartphones, os painéis automóveis continuam desatualizados e fechados para o mundo exterior. Compare o seu smartwatch ao seu carro. O relógio diz ao seu celular quantos passos andou em um dado dia. Tente obter essa informação do seu carro.

A indústria automobilístico tem vindo a se apressar para recuperar o atraso – e grandes empresas de tecnologia como a Samsung e Apple (NASDAQ: Apple [AAPL]) procuram uma forma de entrar nela. A Apple estreou o seu interface CarPlay com grande destaque há quase três anos. O software permite, teoricamente, que o tablier reflita a tela do iPhone.

Eis como um hacker pode controlar o seu carro

No entanto, o CarPlay não foi a lado nenhum. Parte da culpa recai sobre as fabricantes de carros, que passaram anos a planear carros antes de os lançarem. A Apple tem uma longa lista de parceiros do CarPlay mas está apenas começando a alcançar os modelos para 2017. Imagine se se passassem três anos entre o anúncio de um novo iPhone e o seu lançamento real.

É por isso que a aquisição da Harman pela Samsung poderá ser um grande negócio, com a Samsung obtendo uma empresa já conectada ao ecossistema dos carros. A Harman há muito que fornece produtos áudio para automóveis mas também fornece sistemas de telemática, um hub de comunicação que partilha informação sobre as operações do carro com o mundo exterior – pense em serviços de emergência ou relatórios de trânsito em tempo real.

A Harman avança que os seus sistemas para carros conectados já estão incorporados em 30 milhões de veículos. Para a Samsung, o objetivo será integrar esses sistemas em celulares Galaxy, com os dados a seguirem em ambas as direções (entre o carro e o celular).

Até agora a Apple tem realizado uma abordagem fragmentada. Além do CarPlay, consta que a empresa está interessada na McLaren, uma grande jogadora ao nível da tecnologia automóvel. Contudo, até agora, o interesse não deu em nada – e a empresa terá se afastado dos seus planos de criação de um carro.

Apple: adeus projeto Titan

A Apple e a Samsung poderão ser sensatas por deixarem a produção de carros para as fabricantes de automóveis. Contudo, o seu conhecimento coletivo é ainda necessário para os painéis. Os carros de hoje são parecidos com os celulares da década passada: cumprem o objetivo mas podiam ser muito mais.

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente