Mineração na China: Bitcoin pode cair 50% e continuar lucrativa
Página principal Notícias, China, Bitcoin

A mineração de Bitcoin é tão lucrativa na China que o preço da criptomoeda pode cair para metade que os mineiros continuarão lucrando, de acordo com relatório da Bloomberg New Energy Finance (BNEF)

Mesmo com a mais elevada tarifa de eletricidade regulada do país os mineiros conseguem lucrar com a Bitcoin (Bitcoin) desde que a criptomoeda valha mais de 6.925 dólares, de acordo com o avançado por analistas da BNEF em relatório esta quarta-feira. Os mineiros recebem recompensas denominadas em bitcoins pela realização de cálculos complexos necessários para confirmar transações com a criptomoeda.

“A mineração de Bitcoin ao atual preço é provavelmente rentável sob qualquer regime de preço de eletricidade na China.”, escreveu Sophie Lu, uma das analistas da BNEF.

O aumento de preço da Bitcoin na ordem de 1.400% no ano passado conduziu a maior demanda por eletricidade — para utilização de equipamento informático para a mineração da criptomoeda. Cerca de três-quartos desse tipo de equipamento se encontram na China, o maior consumidor de eletricidade do mundo — que procura agora desencorajar a prática da mineração dado o aumento da utilização de energia em várias províncias.

O consumo de energia por parte das criptomoedas está enfrentando maior escrutínio, particularmente na China — preocupada com a possibilidade dos mineiros estarem tirando vantagem de eletricidade a baixo preço. A indústria, a nível global, está usando atualmente tanta energia como 3,4 milhões de famílias norte-americanas, de acordo com o Bitcoin Energy Consumption Index da Digiconomist.

A China diz estar planejando limitar o uso de energia por parte de mineiros — que começam buscando outros locais para a sua atividade.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente