Bitcoin Gold: perguntas frequentes sobre o próximo hard fork da Bitcoin
Página principal Tutoriais, Criptomoedas, Bitcoin
Tema do momento
17 Outubro
10916 10k
25 de outubro
Hard fork da BTC e BTG

O próximo hard fork da Bitcoin está previsto para 25 de outubro de 2017. Nesse dia será criada uma versão alternativa da blockchain à qual novos blocos de BTG serão acrescentados mais tarde.

Os usuários receberão tantas moedas Bitcoin Gold como as Bitcoin detidas aquando da separação.

1 de novembro
Lançamento da mineração de BTG e adição de novos blocos

Está planejado para a mesma data o início da mineração de BTG e a adição de novos blocos à blockchain.

Há um hard fork da Bitcoin ao virar da esquina e não é o SegWit2x. Anunciado pouco antes da concretização do fork que deu origem à Bitcoin Cash, o fork que dará origem à Bitcoin Gold está programado para breve.

O que é a Bitcoin Gold?

A Bitcoin Gold é uma criação de Jack Liao que será lançada no seguimento de hard fork da Bitcoin. Tem como objetivo se tornar melhor opção que a Bitcoin (Bitcoin) – através de alterações ao nível da proof of work (prova de trabalho) – devolvendo a mineração aos usuários com a possibilidade de voltarem a usar CPU e GPU para mineração.

A alteração da proof of work exige um hard fork e a BTG decidiu seguir esse caminho. A proof of work escolhida é o Equihash, um algoritmo ASIC resistant (ou “resistente a ASIC”, o que significa que não haverá ganho de velocidade significativo com a implementação do algoritmo em ASIC em comparação com a implementação em CPU). O Equihash também é utilizado pela ZCash.

Os desenvolvedores por detrás da BTG estão também considerando a possibilidade de pré-mineração até 1%. Não é claro como será executada – mas é provável que envolva a redução de parte da recompensa de mineração para manter a BTG no seu limite de 21 milhões.

Quão importante é a resistência a ASIC?

ASIC é a sigla original para Application Specific Integrated Circuits. Se trata de uma opção de equipamento diferente de CPU na medida em que faz apenas uma coisa – fazendo-a muito, muito bem.

A mineração de Bitcoin é atualmente amplamente processada por equipamentos ASIC, produzidos principalmente pela Bitmain, Bitfury e Canaan. Tal se deve ao fato de a proof of work (SHA256) ser razoavelmente simples e não exigir muita RAM. A Equihash, por outro lado, é uma função de hashing bastante complexa, que exige bastante RAM. Isso significa que sai muito mais caro produzir ASIC para Equihash e que o ganho de velocidade não compensa.

Ilustrando: um CPU normal consegue minerar SHA256 a cerca de 5-10 MH/s. Um ASIC pode minerar SHA256 a cerca de 5-10 TH/s ou cerca de 1 milhão de vezes mais trabalho por segundo do que um CPU. Em comparação, um CPU normal pode minerar Equihash a cerca de 10-30 H/s, com equipamento especializado conseguindo algo como 1.000-3.000 H/s ou cerca de 1.000 vezes mais trabalho por segundo.

Por outras palavras, o campo de jogo é muito mais equilibrado com Equihash do que com SHA256 devido à resistência a ASIC. É difícil determinar qual o impacto se o Equihash se tornasse tão rentável mas é suficiente dizer que o ganho em termos de eficiência seria ainda muito inferior ao ganho com o SHA256.

Quando terá lugar o hard fork?

O hard fork está planeado para 25 de outubro de 2017. Se prevê a seleção de um bloco e a realização do hard fork a partir daí. Isso não significa que a criptomoeda seja lançada nesse dia, significa apenas que será criada uma versão alternativa da blockchain da Bitcoin nesse dia: a blockchain de BTG, com novos blocos sendo criados de seguida.

Atualmente se planeia o lançamento da criptomoeda para início de novembro, o que significa que a blockchain da BTG não terá blocos durante uma semana ou mais depois do hard fork.

Os desenvolvedores da Bitcoin Gold planeiam realizar um testnet perto do final de outubro – disponibilizando o seu software logo depois.

O que significa isso para detentores de Bitcoin?

A Bitcoin Gold irá apenas afetá-lo se detiver Bitcoin quando for escolhido o bloco para o hard fork – ao redor de 25 de outubro. Irá receber a quantia exata em Bitcoin Gold das Bitcoin que detenha nesse bloco.

Está também sendo planejada forte proteção contra repetição – logo, é provável que não tenha de se preocupar com repetições. No entanto, é possível que venha a ter de baixar uma carteira ou de processar transações manualmente para poder mover os seus tokens de Bitcoin Gold.

Se a Bitcoin Gold não valer muito (menos de 0,0001 BTC ou assim), provavelmente não compensa agir. Se valer algo (digamos 0,01 BTC ou mais), haverá ferramentas (criadas pelos desenvolvedores de carteiras) para que possa aceder aos seus tokens.

Se tiver as suas Bitcoin em uma plataforma é provável que a mesma credite as Bitcoin Gold. Será o caso se a BTG tiver valor superior a 0,01 BTC. Se aconselha a que controle as suas chaves privadas uma vez que conferem maior flexibilidade.

Conclusão

A Bitcoin Gold é mais um hard fork que irá trazer algumas mudanças ao ecossistema da Bitcoin e das criptomoedas em geral. Se for titular de Bitcoin não haverá muito a temer. Pelo contrário: poderá haver oportunidades interessantes.

Leia também:

Хотите узнать больше о гражданстве за инвестиции? Оставьте свой адрес, и мы пришлем вам подробный гайд

Por favor, descreva o erro
Fechar
Fechar
Obrigado pelo seu registo
Faça "curtir" a esta página para que a gente possa continuar a publicar artigos interessantes gratuitamente